Métodos lúdicos como estratégia de promoção à higiene corporal em Várzea Grande-MT

Autores

  • Deborah Angélica Cardoso Andrade Centro Universitário de Várzea Grande (UNIVAG)
  • Nathalia Gomes Donini Centro Universitário de Várzea Grande (UNIVAG)
  • Gislaine Rodrigues de Campos Centro Universitário de Várzea Grande (UNIVAG)

Palavras-chave:

Atenção Primária à Saúde

Resumo

A importância da implantação da educação em saúde no início da aprendizagem visa a promoção e manutenção da saúde, principalmente na idade pré-escolar, em virtude da maior assimilação de informações. No contexto da Estratégia da Saúde da Família, desenvolvida pelo SUS, que considera as pessoas em seu contexto integral e multidimensional, o ambiente escolar em conjunto com as equipes de saúde, deve-se promover ações visando o conhecimento acerca da higiene e prevenção de doenças através de uma metodologia prática e teórica. Objetivou-se promover, por meio de atividade lúdica, a prática da higiene corporal e bucal de crianças na fase pré-escolar, em uma escola municipal de Várzea Grande-MT. Refere-se a um relato de experiência do dia 21/10/2019, em um grupo de 6 acadêmicos de Medicina do terceiro semestre, que abordaram quanto à higiene corporal e bucal com 103 crianças, na faixa etária de 8 a 12 anos, da Escola Municipal João Emanuel de Arruda, Várzea Grande, Mato Grosso. Cada colaborador fez uso de jaleco, com objetos de vestimenta infantil e dentes com cárie dentária. Cada sala continha cerca de 15 a 20 crianças e as atividades consistiam em instruções acerca da higiene corporal com o auxílio da impressão gráfica de germes e parasitas e um quiz, a fim de atrair a atenção das crianças e incentivar a participação de todos. Finalmente, foi distribuído uma escova de dente para cada. Em conclusão, as atividades de educação em saúde trazem resultados positivos no curso da vida, devendo sempre ser abordados na educação em saúde dentro das atividades escolares. Sendo assim, o projeto estabeleceu que os alunos conseguissem assimilar os conteúdos referentes à higiene pessoal e, logo, favoreceram a melhor compreensão do manuseio da promoção em saúde, não apenas de forma individual, mas coletiva, ampliando para familiares e comunidade escolar.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2021-06-01

Edição

Seção

Resumos