AVALIAÇÃO DA ESTRATÉGIA SAÚDE DA FAMÍLIA NA PERSPECTIVA DOS IDOSOS EM CAMPINA GRANDE, PARAÍBA

  • Dixis Figueroa Pedraza
  • Amanda Nobre
  • Tarciana Menezes

Resumo

Objetivos. Avaliar a Estratégia Saúde da Família na perspectiva dos idosos no município de Campina Grande, Paraíba. Métodos. Estudo transversal, de base domiciliar. Os dados foram coletados através de questionário validado, adaptado para aplicação com idosos, com perguntas relativas à oferta, acessibilidade, utilização e satisfação dos idosos quanto aos serviços oferecidos. Foi verificada a associação entre a satisfação e as características demográficas e socioeconômicas dos idosos. Resultados. Houve elevada proporção de avaliação negativa a aspectos da oferta (adequação às necessidades e disponibilidade de medicamentos), acessibilidade organizacional (demora nos resultados de exames, quantidade de atendimentos por dia e horários de atendimentos), sociocultural (conhecimentos sobre o funcionamento e enfoque da Estratégia Saúde da Família) e econômica (suficiência de renda para realizar consultas com especialistas e tratamentos indicados). As mulheres, idosos do grupo etário de 70-79 anos e classe socioeconômica C estiveram mais satisfeitos. Não houve associação estatística. Conclusão. A avaliação dos idosos mostra importantes problemas relacionados ao desconhecimento sobre o funcionamento e enfoque da Estratégia Saúde da Família, bem como limitações na acessibilidade organizacional.

Publicado
2018-12-17
Seção
Artigos Originais