TRAJETÓRIAS DE PESQUISA, TRAJETÓRIAS DE VIDA: EXPERIÊNCIA E CONSTITUIÇÃO DE UM PESQUISADOR

Autores

  • Roney Polato de Castro

DOI:

https://doi.org/10.34019/2236-7268.2020.v10.33210

Resumo

O artigo se propõe a discutir elementos que constituiriam o que nomeamos como pesquisa-experiência, inspirado nas teorizações sobre experiência de Jorge Larrosa e Michel Foucault. Busca apresentar tal perspectiva intimamente vinculada a processos de pesquisa vividos pelo autor em suas trajetórias pela pós-graduação. Retomando argumentações construídas em uma tese de doutorado em Educação, com foco na formação docente enquanto formação-experiência e formação ética-estética-política, o artigo investe no atravessamento entre trajetória de vida e de pesquisa, tendo em vista a potencialidade dessa experiência na constituição de um sujeito pesquisador.

 

Palavras-chave: experiência; pesquisa-experiência; Michel Foucault; pesquisa em educação; (des)subjetivação.

Biografia do Autor

Roney Polato de Castro

Doutor e Mestre em Educação, Licenciado em Ciências Biológicas. Professor da Faculdade de Educação e do Programa de Pós-graduação em Educação da Universidade Federal de Juiz de Fora. Membro do grupo GESED – grupo de estudos e pesquisas em Gênero, Sexualidade, Educação e Diversidade.

Downloads

Publicado

2021-01-12