INTERAÇÕES COM PESQUISADORES E PESQUISADORAS E SUAS TRAJETÓRIAS DE PESQUISA EM EDUCAÇÃO

Autores

  • Anderson Ferrari
  • Andreia Rezende Garcia-Reis

DOI:

https://doi.org/10.34019/2236-7268.2020.v10.33197

Resumo

Este artigo se propõe a refletir sobre o potencial formativo de interações promovidas entre pesquisadores e pesquisadoras e suas trajetórias de pesquisa em Educação ou em áreas a ela relacionadas. Sua elaboração se deu a partir de uma disciplina eletiva do Programa de Pós-graduação em Educação da UFJF, a Seminário Permanente de Pesquisa, ministrada pelos autores deste artigo ao longo do ano de 2019, em que promoveram encontros entre pesquisadores com doutorado concluído e discentes cuja pesquisa de mestrado ou doutorado estava em curso à época. A partir das interações semanais entre esses sujeitos, observamos a potencialidade das experiências compartilhadas, o papel fundamental dos processos linguageiros ali empreendidos (BRONCKART, 2006) e a relevância do compartilhamento das vivências (VIGOTSKI, 2010) de pesquisa para a construção de novas trajetórias dos recém ingressos num programa de pós-graduação.

 

Palavras-chave: Pesquisa em educação. Formação do pesquisador. Interações formativas.

Biografia do Autor

Anderson Ferrari

Professor Associado do Departamento de Educação da UFJF.

Andreia Rezende Garcia-Reis

Professora Adjunta do Departamento de Educação da UFJF.

Downloads

Publicado

2021-01-12