(TRANS)FORMAÇÃO DE PROFESSORAS DE LÍNGUA INGLESA: DUAS NARRATIVAS, MÚLTIPLAS HISTÓRIAS

  • Bruna Quartarolo Vargas
  • Victória Alves Lopes Guarilha

Resumo

Este texto configura-se como um relato de experiências que tem por objetivo narrar dois percursos de formação profissional. A partir de considerações construídas baseadas nos preceitos elencados pela Linguística Aplicada Crítica (PENNYCOOK, 2001), destacamos a necessidade de se explorar a língua em contextos sociais, considerando a “complexidade dos fatos envolvidos com a linguagem em sala de aula” (MOITA LOPES, 2006b, p. 19), balizadas na ideia de prática de linguagem como “aquilo que acontece através da linguagem” (PENNYCOOK, 2010, p. 12). Por meio de narrativas, “forma primordial pela qual a experiência humana é tornada significativa” (POLKINHORNE, 1988, p. 1), histórias se entrelaçam e se complementam, revelando a reconstrução identitária das professoras em constante (trans)formação.

Palavras-chave: Relato de experiência. Linguística Aplicada Crítica. Reflexão Crítica. Narrativas. Formação de
professoras.

Biografia do Autor

Bruna Quartarolo Vargas

Professora de Língua Inglesa no Colégio de Aplicação João XXIII - Universidade Federal de Juiz de Fora.
Doutoranda no Programa Interdisciplinar de Linguística Aplicada na Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Victória Alves Lopes Guarilha

Aluna de Graduação do Curso de Letras Português-Inglês na Universidade Federal de Juiz de Fora.

Publicado
2020-07-30