Em cumprimento ao edital do reverendo vigário

os registros paroquiais no Pará – 1854-1860 (conflitos e tensões)

  • Eliana Ramos Ferreira
Palavras-chave: Conflito agrário, Legislação agrária, Tensões burocráticas, Pará provincial, Terras

Resumo

O Registro Paroquial de Terras constituiu-se num instrumento de poder na decisão acerca do domínio sobre as terras em cada localidade gerando tensões entre os diversos sujeitos envolvidos no processo de instituição da Lei de Terras de 1850 e na operacionalização do Decreto nº 1318, 30 de janeiro de 1854. O presente trabalho pretende refletir sobre essas relações conflituosas que emergiram do referido processo, opondo os sujeitos da lei: agentes administrativos, vigários, proprietários, posseiros.

Publicado
2019-05-27
Seção
Dossiê: HISTÓRIA AGRÁRIA