1.
Fonseca M. O sagrado, o profano e o enfermo: A Santa Casa de Misericórdia de Juiz de Fora. FDC [Internet]. 2º de junho de 2020 [citado 26º de outubro de 2020];6(11):272-87. Disponível em: https://periodicos.ufjf.br/index.php/facesdeclio/article/view/29760