Para Lisle ou São Paulo

o aspecto racial em Strangerse Hunter’s Run

Autores

  • Arthur Maia Baby Gomes

DOI:

https://doi.org/10.34019/1983-8379.2019.v12.28032

Resumo

Este trabalho visa estabelecer uma análise comparativa dos romances de ficção científica Strangers (1980) de Gardner Dozois e Hunter’s Run, de Daniel Abraham, Gardner Dozois e George R. R. Martin (2007), no que tange o aspecto racial da colonização espacial empreendida pelos habitantes do planeta Terra. A partir de estudos sobre raça na New Wave of Science Fiction, busca-se contextualizar ascaracterísticas desses dois romances, bem como apontar suas particularidades.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2019-09-13

Edição

Seção

Artigos