https://periodicos.ufjf.br/index.php/csonline/issue/feed CSOnline - REVISTA ELETRÔNICA DE CIÊNCIAS SOCIAIS 2019-11-21T15:14:10+00:00 Equipe Editorial CSOnline revista.csonline@gmail.com Open Journal Systems CSOnline - Revista Eletrônica de Ciências Sociais; Periódico Ciências Sociais; Ciências Sociais UFJF; Ciências Sociais Universidade Federal de Juiz de Fora; revista discente; revista ciências sociais; revista sociologia; revista antropologia; revista ciência política https://periodicos.ufjf.br/index.php/csonline/article/view/28237 Folha de Rosto e Sumário 2019-09-20T12:11:46+00:00 Equipe Editorial CSOnline revista.csonline@gmail.com 2019-09-20T12:06:28+00:00 Copyright (c) https://periodicos.ufjf.br/index.php/csonline/article/view/27734 Apresentação de Dossiê 2019-11-21T15:12:39+00:00 Tálisson Melo de Souza talissonmelo@yahoo.com.br Bianca Salles Pires bianca.s.pires@gmail.com <p><span style="font-weight: 400;">Apresentação de Dossiê</span></p> <p><strong>AS CIÊNCIAS SOCIAIS E AS ARTES EM EVENTOS: </strong><strong>ESTUDOS DE EXPOSIÇÕES, BIENAIS, FEIRAS, FESTIVAIS E</strong><strong>&nbsp;MOSTRAS CULTURAIS</strong></p> 2019-08-22T17:17:48+00:00 Copyright (c) https://periodicos.ufjf.br/index.php/csonline/article/view/26399 Retóricas Conjugadas 2019-11-21T15:12:53+00:00 Paulo Nunes paulonunes.unifei@gmail.com <p class="p1"><span class="s1">Festivais culturais são hoje um fenômeno contemporâneo em ascensão que tem gerado múltiplos interesses no campo da cultura, da política e do desenvolvimento urbano. Em formato de ensaio, este artigo busca investigar o tema como objeto retórico, enunciado de maneiras específicas, em determinados contextos e com determinadas intenções político-sociais. Quando alocados no ambiente da cidade contemporânea, em que medida esses eventos têm a função de criar nela o espírito ritualístico de comunidade e a sensação de pertencimento? Que tipo de espaço ativam? Que senso de coletividade celebram? Quais mecanismos regulatórios exercem? Valendo-se do debate com autores diversos ligados ao campo dos estudos culturais, o texto por vezes refere-se ao contexto europeu na abordagem de pontos específicos. O trabalho apresenta pontos importantes para pensarmos possíveis respostas às questões apresentadas, tais como: (i) o caráter festivalizante assumido hoje pelas práticas culturais, (ii) os festivais como produtos da indústria criativa, (iii) a função de âncora turística presente nos grandes eventos, (iv) o papel de catalisador econômico da cultura, (v) a associação entre imagem, requalificação urbana e novos mercados de exibição.</span></p> 2019-08-05T11:07:29+00:00 Copyright (c) https://periodicos.ufjf.br/index.php/csonline/article/view/26382 O Festival e a Cidade 2019-11-21T15:12:51+00:00 Emerson Dylan sr_dylan@yahoo.com.br <p>Tendo início em 1977, a Mostra Internacional de Cinema de São Paulo conquistou em pouco tempo grande destaque, se tornando um dos mais importantes festivais cinematográficos do país. Sucesso de público e crítica, a Mostra possui características próprias de resistência cultural, aflorando em meio ao regime militar brasileiro. Organizada por Leon Cakoff, que a dirigiu até o ano de sua morte, a Mostra se tornou um símbolo da cidade de São Paulo. Este artigo busca compreender a importância da Mostra na consolidação de um circuito cinéfilo na capital paulista. A partir de catálogos e da documentação do acervo da Mostra, de materiais de imprensa e de uma bibliografia multidisciplinar, busca-se compreender as relações do evento com a cidade de São Paulo.</p> 2019-08-07T12:56:40+00:00 Copyright (c) https://periodicos.ufjf.br/index.php/csonline/article/view/25792 Sensibilidades em disputa 2019-11-21T15:12:56+00:00 Luciane Soares da Silva lucianeunicarioca@gmail.com <p>Este artigo apresenta resultados de pesquisa de campo que possibilitam a discussão da construção de representações sobre cultura popular, especialmente o samba. A hipótese neste trabalho é que a partir da década de 90, importantes transformações internas alteraram a dinâmica das festas em favelas (comunidades) no Rio de Janeiro. Junto ao samba, os bailes funk adquiriram uma visibilidade inédita (dentro e fora destes espaços). Foram realizadas entrevistas, análise de documentos e observação participante. Como conclusão, é possível afirmar que nas últimas décadas, o baile funk tornou-se o principal espaço de encontro, diversão e criação de linguagem nas favelas cariocas. O samba, referência que tornou conhecidos territórios como Estácio, Mangueira, permanece. Mas sua reprodução, dentro das comunidades pode estar ameaçada por mudanças que implicam por exemplo, na formação de ritmistas.</p> 2019-08-02T15:20:37+00:00 Copyright (c) https://periodicos.ufjf.br/index.php/csonline/article/view/26604 Hacer festival de danza, tornarse bailarines y públicos 2019-11-21T15:12:45+00:00 Laura Navallo lauranavallo@yahoo.com.ar <p>Este trabajo tiene por finalidad dar cuenta de los procesos de formación y conformación de un festival de danza contemporánea en Río de Janeiro (Brasil) que a lo largo de los años modificó su nombre y también dejó de referirse exclusivamente a la danza para abarcar las artes del cuerpo. Al tiempo que estas transformaciones se sucedían el mismo se fue convirtiendo en un evento internacional de amplio reconocimiento.</p> <p>Concebir el festival como una configuración social específica fue el resultado de una investigación etnográfica que contó, además, con el análisis de distintas fuentes documentales. Estas modalidades de producción de conocimiento permitieron considerar las condiciones socio-históricas de emergencia del Festival Panorama, creado en el año 1992, a aprehenderlo en su singularidad y, por tratarse de una configuración social y una performance cultural, las modificaciones de los elementos de dicha configuración dieron lugar a sus transformaciones, generando condiciones de re-producción del festival de manera diferenciada. Analizar estas transformaciones y las políticas culturales a ellas ligadas constituye el objetivo de este trabajo.</p> 2019-08-22T00:00:00+00:00 Copyright (c) https://periodicos.ufjf.br/index.php/csonline/article/view/26530 Mostras de design de interiores como espaço de mediação entre projetistas, empresas e público 2019-11-21T15:13:10+00:00 Cláudia Regina Hasegawa Zacar claudiahzacar@gmail.com Marinês Ribeiro dos Santos ribeirosantos.marines@gmail.com <p>Neste texto, temos como objetivo discutir as relações estabelecidas entre diversos sujeitos, instituições e espaços envolvidos na prática de design de interiores, considerando como são mediadas pela <em>Casa Cor Paraná –</em> mostra de arquitetura, design e paisagismo que ocorre na cidade de Curitiba desde 1994. Em nosso estudo, utilizamos como principais fontes de pesquisa os anuários e revistas editadas pela organização da mostra entre os anos de 1994 e 2017, bem como o livro <em>Estilo Curitiba: os 20 anos da Casa Cor Paraná. </em>Construímos nossas reflexões em diálogo trabalhos vinculados às disciplinas de História do Design e História da Arquitetura. A partir de nossas análises sobre o contexto de surgimento da mostra, suas características gerais e objetivos, procuramos enfatizar as interrelações estabelecidas entre designers, público visitante e empresas fornecedoras no circuito que envolve o planejamento, produção, divulgação e consumo associado à exposição. Buscamos ainda indicar como a <em>Casa Cor Paraná </em>se apresenta como um espaço privilegiado para lidar com questões relacionadas à configuração de práticas e valores vinculados à cidade e a padrões de moradia.</p> 2019-07-23T00:00:00+00:00 Copyright (c) https://periodicos.ufjf.br/index.php/csonline/article/view/26395 Como pesquisar a experiência do público em exposições de arte e tecnologia 2019-11-21T15:13:07+00:00 Camila Damico Medina camilafalconi@gmail.com <p>Equipamentos culturais têm demonstrado ascendente interesse em assumir em suas programações exposições de arte e tecnologia. Esta tendência está vinculada ao processo de reformulação de seus modelos expográficos, em busca de maior inserção e participação do público nas instituições. Por conta disso, são observados mais projetos experimentais, que exploram alternativas disposições do público ao agenciar diferentes condições para visitação. Com este processo, é constatada intensa disputa sobre como o espectador deve <em>apropriadamente</em> se relacionar com as propostas artísticas híbridas. A partir da particular posição que ocupo como pesquisadora, procuro ao longo deste artigo verificar como construir uma escrita etnográfica deste contexto de reestruturação expográfica a partir da reconfiguração da experiência do espectador. Considero ao longo do texto como minha trajetória de planejamento da pesquisa e de entrada em campo pode contribuir para uma forma de estudo sobre as exposições de arte e tecnologia e sua absorção no circuito <em>mainstream</em> da arte.</p> 2019-08-01T11:07:08+00:00 Copyright (c) https://periodicos.ufjf.br/index.php/csonline/article/view/26595 O Teatro Invisível em um evento científico 2019-11-21T15:12:48+00:00 Bruno Carlos Hayata brunohayata@gmail.com Roberto Donato da Silva Júnior roberto.junior@fca.unicamp.br <p>A agroecologia pode ser compreendida como uma ciência e movimento social que, buscando resgatar saberes e práticas ancestrais, propõe uma outra relação entre o ser humano e o meio ambiente, diferente dos modelos preconizados pela agricultura moderna e a Revolução Verde. Nesse sentido, o chamado diálogo de saberes surge como um paradigma epistêmico capaz de articular conhecimento científico e as diferentes culturas tradicionais. O objetivo deste artigo é investigar o diálogo de saberes agroecológico a partir da observação do Congresso Brasileiro de Agroecologia (CBA), tomando como cena principal a mística de abertura do evento. Prática comumente associada ao teatro, mas também aos ritos herdados de lideranças religiosas ligadas à Teologia da Libertação, a mística constitui um importante elemento de formação da identidade do grupo dos sem-terra. Assim, neste artigo são retratados, a partir de um relato etnográfico, alguns dos principais momentos e personagens envolvidos na <em>performance</em> de teatro invisível planejado e executado para dar início ao congresso. Conclui-se que a mística revela as disputas políticas presentes no diálogo de saberes agroecológico, atuando como importante elemento de resistência dos movimentos sociais rurais.</p> 2019-08-12T10:20:57+00:00 Copyright (c) 2019 CSOnline - REVISTA ELETRÔNICA DE CIÊNCIAS SOCIAIS https://periodicos.ufjf.br/index.php/csonline/article/view/26686 A descolonização dos Museus e a restituição das obras de arte africanas 2019-11-21T15:12:59+00:00 Paula Santos Menezes menezes.paula@gmail.com Estefania Pinol Álvarez estefania.92p@gmail.com <p><span lang="PT-BR">Este artigo visa contribuir como a abordagem decolonial no domínio da arte, que se desenvolve nos últimos anos no Brasil e no mundo, mas que ainda encontra fortes barreiras no continente europeu. Apresentaremos, portanto, o debate sobre restituição de bens culturais, particularmente em relação à África, sobre a qual a polêmica se desenvolve na Europa. Assim, neste artigo, pretendemos lançar as bases desta discussão à partir de uma leitura decolonial, apresentando algumas interpretações baseadas em literatura específica. Em seguida, apresentaremos como o tema da espoliação e pilhagem de obras de arte se desenvolveu na França, assim como uma análise sobre a escolha do léxico utilizado. Este debate sofrerá grande impacto à partir de relatório encomendado pelo governo Macron (o relatório Savoy-Sarr, que é divulgado no final de 2018), que defende mudanças estruturais para tornar a restituição possível. Por fim, analisaremos o marco legal hoje disponível. Em conclusão, defendemos que a restituição é uma reivindicação legitima e de potencial humanitário. </span></p> 2019-08-02T12:45:58+00:00 Copyright (c) https://periodicos.ufjf.br/index.php/csonline/article/view/26598 O cine documental y la antropología visual en México 2019-11-21T15:13:03+00:00 Rosa Claudia Lora Krstulovic clalok@gmail.com <p class="p1"><span class="s1">Entrevista al antropólogo Antonio Zirión Pérez, estudioso de la antropologia visual y el cine documental mexicano. La entrevista fue realizada por Bianca Pires y CLaudia Lora</span></p> <p class="p1"><span class="s1">Antonio Zirión Pérez es una referencia en la Antropología Audiovisual mexicana. Profesor de la Universidad Autónoma Metropolitana, unidad Iztapalapa (UAM-I) en la Ciudad de México, vinculado al <em>Laboratorio de Antropología Visual</em>, espacio pionero en la formación de estudiantes interesados en esta área. Como estudiante de etnología de la <em>Escuela Nacional de Antropología y Historia</em> (ENAH), desarrolló investigaciones participativas usando la fotografía como herramienta de trabajo con jóvenes callejeros del barrio <em>La Soledad</em>, zona marginal del centro de la Ciudad de México. Como despliegue de su monografía de licenciatura, desarrolló el cortometraje “<em>Chido mi Banda, Chido mi Barrio</em>” (2000), junto con sus compañeros Adrián Arce y Diego Rivera; trio que posteriormente se convirtió en el colectivo </span><span class="s2"><em>Homovidens.</em></span></p> 2019-08-02T00:00:00+00:00 Copyright (c) https://periodicos.ufjf.br/index.php/csonline/article/view/17596 "Nasci e me criei na droga" 2019-11-21T15:13:55+00:00 Fillipi Lúcio Nascimento fillipi.nascimento@hotmail.com <p>O artigo é produto de um esforço de aproximação da noção de <em>habitus</em> para a compreensão de contextos e práticas situadas no âmbito da criminalidade urbana. Para além de ampla revisão bibliográfica, retomam-se no presente estudo dados de pesquisa etnográfica realizada entre os meses de abril e novembro de 2017 junto a vendedores, consumidores e usuários de drogas, em uma grota da cidade de Maceió (AL). O que se pretende com a mobilização das categorias, das falas e das observações selecionadas é propor uma categoria analítica aqui denominada como <em>habitus</em> criminoso. Acredita-se que esta categoria reserva potencialidade para contribuir com o debate e o entendimento de aspectos da formação da conduta criminosa e do ingresso nas carreiras da ilegalidade.</p> 2019-03-28T00:00:00+00:00 Copyright (c) https://periodicos.ufjf.br/index.php/csonline/article/view/17586 Sociedade e indivíduo 2019-11-21T15:14:05+00:00 Juceli Aparecida Silva juceli_s@hotmail.com <p align="center">O ensaio trata a respeito da construção da sociologia configuracional de Norbert Elias ao longo de suas principais obras. O autor é reconhecido por seus pares como um intelectual influente do século XX. A metodologia selecionada para coleta de dados foi a Revisão Narrativa da Literatura de textos acadêmicos a respeito dos conceitos de <em>habitus</em>, sociedade, indivíduo e configuração, constatou-se que o autor esteve comprometido com a superação dos pensamentos mistificados e fantasiosos através da observação realista dos fatos. Para Elias, a teoria e empiria são complementares na pesquisa sociológica. Fundamentando-se em suas elucubrações, é possível concluir que as sociedades são constituídas por indivíduos ligados por teias de interdependências dos mais variados níveis. O indivíduo e a sociedade são conceitos indissociáveis, ambos coexistindo.</p> <p><strong>&nbsp;</strong></p> <p><strong>Palavras-chave: </strong>Sociedade. Indivíduo. Sociologia Configuracional. Norbert Elias.</p> 2019-03-28T00:00:00+00:00 Copyright (c) 2019 CSOnline - REVISTA ELETRÔNICA DE CIÊNCIAS SOCIAIS https://periodicos.ufjf.br/index.php/csonline/article/view/17569 Entre o religioso e o secular 2019-11-21T15:13:50+00:00 Thaís Silva de Assis thaissassis@gmail.com <p>Este artigo discute um aspecto da dinâmica do campo religioso contemporâneo dentro do qual, apesar da religião continuar a ser um domínio fundamental da sociedade, cada vez mais indivíduos se autoidentificam como “sem religião” ou “espirituais, mas não religiosos”. A proposta é empreender uma análise teórica que, por suspeitar dos usos acadêmicos e leigos das categorias de religião e irreligião, faz da reflexão sobre eles o ponto de partida para discutir as relações entre o que é considerado religioso e o que fica classificado às suas margens. Nesse sentido, o trabalho pretende contribuir com uma problematização sociológica dos processos de definição dos significados e de elaboração das fronteiras entre as noções de religião e espiritualidade.</p> 2019-03-28T17:45:53+00:00 Copyright (c) CSOnline - REVISTA ELETRÔNICA DE CIÊNCIAS SOCIAIS https://periodicos.ufjf.br/index.php/csonline/article/view/17573 A legitimidade do direito no contexto dos processos de validação discursiva e da democracia 2019-11-21T15:13:45+00:00 Marcella Coelho Andrade andrade_marcellacoelho@yahoo.com <p>O presente artigo, através de uma metodologia teórica e comparativa, analisa o tema da legitimidade do direito, com foco nos processos de validação discursiva e nos espaços de formação do discurso diante do princípio da Democracia. Para abordagem da legitimidade do ordenamento jurídico são utilizados os pontos de vista de Max Weber e Jürgen Habermas, em razão das nuances trazidas pelos referidos autores a respeito do tema. A respeito da ação comunicativa também é feita uma breve abordagem da influência do conceito de poder comunicativo, de Hannah Arendt, no pensamento Habermasiano. Delineiam-se, ainda, os alicerces da Teoria Discursiva do Direito e seus critérios de legitimação, bem como o alcance da razão comunicativa diante do discurso jurídico, paralelamente ao tema da democracia. Conclui-se que os procedimentos dialógicos de elaboração da norma são essenciais para os sistemas democráticos atuais, sobretudo tendo em vista a configuração pluralista das sociedades modernas, mas é essencial a constante avaliação dos espaços de participação existentes, sob uma perspectiva de potencialidade de participação, para que o procedimento discursivo alcance seu intuito de promover normas racionalmente instituídas.</p> 2019-03-28T17:46:14+00:00 Copyright (c) CSOnline - REVISTA ELETRÔNICA DE CIÊNCIAS SOCIAIS https://periodicos.ufjf.br/index.php/csonline/article/view/17581 Cidadania, desigualdades e reconhecimento: 2019-11-21T15:14:10+00:00 Luane Bento dos Santos luanebentosantos@gmail.com <p align="justify"><span style="font-family: 'Times New Roman', serif;">Neste trabalho, temos por objetivo realizar uma reflexão em torno dos conceitos de cidadania. Abordar as desigualdades sociais e raciais persistentes na sociedade brasileira e como elas estão relacionadas a cultura política. </span><span style="font-family: 'Times New Roman', serif;">Além disso, utilizamos</span><span style="font-family: 'Times New Roman', serif;"> a teoria de reconhecimento para interpretar as pautas contemporâneas como a questão quilombola.</span></p> <p align="justify">&nbsp;</p> 2019-03-28T00:00:00+00:00 Copyright (c) https://periodicos.ufjf.br/index.php/csonline/article/view/17574 Políticas públicas nas Constituição Federal de 1988: 2019-11-21T15:13:35+00:00 Marcella Coelho Andrade andrade_marcellacoelho@yahoo.com <p>Analisa-se no presente artigo, através de uma metodologia teórica, o papel desempenhado pela Constituição Federal de 1988 no cenário das políticas públicas brasileiras, com especial atenção para os progressos e dificuldades existentes. Para tanto faz-se uma sucinta contextualização do advento de referida Carta Constitucional, para a melhor compreensão de suas diretrizes e orientações. Perquiri-se, ainda, sobre a função desempenhada pelas emendas no contexto democrático, perpassando pelas suas necessidades e limitações. Por fim, realiza-se uma investigação acerca dos instrumentos legais para a realização dessas políticas, com foco nos Conselhos de Políticas Públicas, face ao seu objetivo diretamente atrelado à efetivação de políticas sociais. Conclui-se que em detrimento da relevância da Constituição de 1988 para as políticas públicas, a efetivação destas enfrenta grandes percalços, sendo esta uma das causas do crescente número de emendas ao texto constitucional. Em face desse panorama, nota-se a importância dos atores e mecanismos legais existentes para a garantia das políticas públicas, tanto na deliberação quanto no controle social, que devem ser ampliados e fortificados, em um esforço conjunto entre sociedade e governo.</p> 2019-06-04T20:37:07+00:00 Copyright (c) 2019 CSOnline - REVISTA ELETRÔNICA DE CIÊNCIAS SOCIAIS https://periodicos.ufjf.br/index.php/csonline/article/view/17544 O capital cultural em Bourdieu e a cultura capital em Freud: 2019-11-21T15:13:22+00:00 Fábio Moreira Vargas fabio.vargas@usp.br <p>Bourdieu elabora (2003), por meio de uma sofisticada análise sociológica, uma crítica feroz ao modelo escolar tradicional. Através da naturalização de uma situação essencialmente histórica e contingente, o percurso educativo, no interior das escolas, transforma-se num legitimador de estruturas sociais opressoras e desiguais. Através da noção de Capital Cultural, pode revelar as raízes das problemáticas noções de “fracasso” e “sucesso” escolar. No interior dessa argumentação, o presente trabalho procura articular, sob viés psicanalítico, a exibição da construção silenciosa da subjetividade humana através do contexto intersubjetivo da cultura. Para tal, será focalizada a noção de Super-eu que Freud demonstra ser o herdeiro de uma introjeção da exterioridade configurando-se como polo de opressão interior. Procura-se, assim, articular às análises de Bourdieu sobre o capital cultural as formulações freudianas sobre a cultura capital e aprofundar, desse modo, algumas constatações de Bourdieu através da psicanálise de Freud.</p> 2019-07-09T00:00:00+00:00 Copyright (c) https://periodicos.ufjf.br/index.php/csonline/article/view/17576 Exploração teórica para a investigação da interface entre o político e o econômico: 2019-11-21T15:13:14+00:00 Pedro Felipe Narciso pedro_felipenarciso@hotmail.com <p>O trabalho a seguir compõe a etapa exploratória de uma pesquisa ainda em andamento, cujo resultado deverá ser uma dissertação de mestrado acerca das disputas que envolveram o processo de discussão e aprovação da Lei nº 12.351, a qual estabeleceu o regime de partilha de produção para determinadas áreas do Pré-sal. O objetivo da referida etapa de pesquisa é o de oferecer uma avaliação crítica de diferentes arcabouços teóricos, confrontando-os no sentido de depurar seus pontos mais problemáticos, fundamentando, assim, a escolha de um instrumental teórico capaz de abarcar os processos de interação entre o político e o econômico. No que se refere aos procedimentos de pesquisa, realizou-se uma revisão bibliográfica de caráter focalizado, tendo como critério básico de busca o objetivo supracitado. Da referida revisão apreciou-se criticamente as seguintes composições teóricas: o elitismo clássico e posicional, o pluralismo e os marxismos de Ralph Miliband, Edward Thompson e Nicos Poulantzas. Dessa abordagem panorâmica sobre as diferentes possibilidades teóricas foi possível concluir que a teoria regional do político de Nicos Poulantzas é aquela que disponibiliza as ferramentas mais adequadas para a investigação da relação entre o político e o econômico.</p> 2019-07-09T15:08:22+00:00 Copyright (c) 2019 CSOnline - REVISTA ELETRÔNICA DE CIÊNCIAS SOCIAIS https://periodicos.ufjf.br/index.php/csonline/article/view/17461 O conceito de laicidade na atual formulação política brasileira 2019-11-21T15:13:18+00:00 Edson Luagatti Silva Bissiati edbissiati@outlook.com Lara Bortolusci Leporati leporatilara@hotmail.com Paula Aparecida Viol Liguori paulaviol2011@hotmail.com Marcelle Luiz de Andrade marcelle.andrade@gmail.com <p>Este trabalho tem como objetivo buscar compreender as relações entre política e religião no Brasil, em especial como o conceito de laicidade pode ser entendido na esfera institucional da política. Disso, levantamos a seguinte questão: como podemos avaliar a existência de uma Frente Parlamentar Evangélica do Congresso Nacional? A existência desta Frente Parlamentar se constitui como um dilema social, pois ao criar arenas de discussões entre a oposição, se percebe a presença de interesses institucionais das igrejas ali presentes se sobrepondo aos interesses de liberdade e justiça que formulam as sociedades democráticas. Observando os modelos de laicidade das sociedades democráticas ocidentais, dois se destacam: o francês e o norte-americano. Seguindo os modelos traçados, de acordo com o pensador político Tocqueville (1998), consideramos o modelo norte-americano mais sugestivo para a análise das relações entre política e religião. Assim, a laicidade norte-americana será a chave compreensiva para a realidade brasileira, como também sua crítica.</p> 2019-07-09T15:07:28+00:00 Copyright (c) 2019 CSOnline - REVISTA ELETRÔNICA DE CIÊNCIAS SOCIAIS https://periodicos.ufjf.br/index.php/csonline/article/view/17592 Resenha: MAUSS, M.; HUBERT, H. Sobre o sacrifício. São Paulo: Cosac Naify, 2005, 144 p. 2019-11-21T15:14:00+00:00 Gilmara Gomes da Silva Sarmento gilmarasarmento@hotmail.com <p>Trata-se da resenha sobre o ensaio "Sobre o sacrifício" de autoria de Marcel Mauss &amp; Henri Hubert.</p> 2019-03-28T00:00:00+00:00 Copyright (c) 2019 CSOnline - REVISTA ELETRÔNICA DE CIÊNCIAS SOCIAIS https://periodicos.ufjf.br/index.php/csonline/article/view/17589 Resenha: DIAS DA SILVA, C. Viver em primeira pessoa: uma etnografia sobre humanização e técnicas do corpo. CRV Editora, 2016, 155 p. 2019-11-21T15:13:40+00:00 Katerina Volcov katevolcov@gmail.com <p>Trata-se de resenha do livro publicado em 2016, de autoria de Cristina Dias da Silva que versa sobre uma etnografia realizada em um hospital filantrópico a respeito da humanização e técnicas corporais.</p> 2019-05-30T00:00:00+00:00 Copyright (c) 2019 CSOnline - REVISTA ELETRÔNICA DE CIÊNCIAS SOCIAIS https://periodicos.ufjf.br/index.php/csonline/article/view/17591 Resenha: SOUZA, J. W. Camaradas e Santos: Notas sobre catolicismo popular e suas representações simbólicas. 1. ed. Curitiba: Appris, 2017, 143 p. 2019-11-21T15:13:31+00:00 Janine Targino janine.targino.silva@gmail.com <p>O livro de José Wellington de Souza, intitulado <em>Camaradas e Santos: notas sobre catolicismo popular e suas representações simbólicas, </em>trata da relação entre desagregação social e pensamento mágico entre moradores do bairro da Ponte no município da Liberdade-MG. Neste cenário, o autor irá analisar as explicações fundamentadas em princípios mágicos elaboradas por ex-agregados rurais, em sua maioria, para definir e dar sentido aos acontecimentos da vida cotidiana.</p> 2019-06-12T00:00:00+00:00 Copyright (c) https://periodicos.ufjf.br/index.php/csonline/article/view/17594 Resenha: BISPO, R.. Rainhas do Rebolado: carreiras artísticas e sensibilidades femininas no mundo televisivo. 1. ed. Rio de Janeiro: Mauad X/ Faperj, 2016, 392 p. 2019-11-21T15:13:26+00:00 Carolina Vila Ramos Santos carol_vrs@yahoo.com.br <p>Resenha da obra “As Rainhas do Rebolado: carreiras artísticas e sensibilidades femininas no mundo televisivo” de Raphael Bispo.</p> 2019-06-26T16:26:35+00:00 Copyright (c) 2019 CSOnline - REVISTA ELETRÔNICA DE CIÊNCIAS SOCIAIS https://periodicos.ufjf.br/index.php/csonline/article/view/17588 Resenha: GARSON, Marcelo. Quem é o melhor Dj do mundo?: Disputas simbólicas na cena de música eletrônica. Rio de Janeiro: Editora Autografia, 2018, 136 p. 2019-11-21T15:12:42+00:00 Nélio Ribeiro Moreira neliomoreira@ufpa.br <p>Resenha do livro:</p> <p>GARSON, Marcelo. <em>Quem é o melhor DJ do mundo?: disputas simbólicas na cena de música eletrônica</em>. Rio de Janeiro: Autografia, 2018. p. 136.</p> <p>&nbsp;</p> <p align="center">&nbsp;</p> 2019-08-22T11:43:01+00:00 Copyright (c)